Loja Virtual, oportunidade de grandes negócios

O mercado de Loja Virtal no Brasil

Loja VirtualO mercado de e-commerce está em ascensão no Brasil. Atualmente, ter uma  loja virtual está muito mais simples, entretanto cada vez mais competitivo. De acordo com o Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV), estima-se que em até julho de 2013, o mercado de  e-commerces (loja virtual) poderá faturar 13 bilhões de reais. Para aproveitar essa oportunidade, um empreendedor em loja virtual deve tomar alguns cuidados com o marketing de sua empresa. O primeiro passo recomendado é realizar um benchmark (é a busca das melhores práticas na indústria que conduzem ao desempenho superior), para verificar o que empresas no mesmo segmento estão fazendo, e desta forma, aprender com as melhores práticas e não replicar as falhas.

O próximo passo é trabalhar a ferramenta mais fundamental de uma loja virtual, ou seja, seu site. Ter um layout atrativo é fundamental, assim como possuir uma navegação fácil e intuitiva para o usuário que ele possa encontrar o que deseja dentro do site com menor número de cliques possível. Um fator diferencial na administração de um site vem através de um bom sistema de gerenciamento de conteúdo de plataforma de ecommerce que possa auxiliar em tornar suas operações rápidas e práticas.

Além da plataforma, a forma como os produtos devem ser apresentados também faz a toda diferença. Como o cliente não poderá ver pessoalmente o produto, ou experimentá-lo, fotos que sejam atrativas e descrições completas sobre os mesmos são de suma importância para a loja virtual. O texto possui grande importância, não só para informar as características dos produtos, mas  também conseguir atrair os consumidores através de sistemas de busca orgânico, exigindo um trabalho de SEO (Search Engine Optimization), ou seja, uma tradução do conteúdo para otimização em motores de busca, como o Google.

Outro aspecto que se deve estar atento para ter uma loja virtual de sucesso é a interação. Para prestar atendimento on-line não basta apenas uma sala de chat, mídias sociais, e-mail ou telefone. É fundamental o contato pós-venda, um SAC bem estruturado e treinado para atender os clientes. Não devemos esquecer que na Loja Virtual, diferentemente da loja física que o consumidor saí com a sacola na mão após efetuar uma compra, ele não tem uma garantia tangível da entrega do produto, criando assim um expectativa no consumidor sobre a entrega que vai aumentar a cada dia de espera.

Trabalho em mídias sociais é importante, mas lembrando que ele não deve ser uma extensão da sua loja virtual, e sim um canal informativo e de interação com o seu público, uma rede social bem administrada pode se tornar uma ferramenta muito poderosa para criar simpatia com os seus consumidores e “humanizar” a divulgação e propagação da imagem da e-commerce.


<< voltar